Ação


“I CONVIVENDO COM A ASMA” EDUCA A POPULAÇÃO PARA A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE DA DOENÇA

05/05/2021

A asma é uma doença crônica que mata mais de 400 mil pessoas por ano

Texto: Rogério Melo 


Anualmente, a primeira terça-feira de maio torna-se uma data de conscientização sobre o controle, prevenção das crises e mortes causadas pela asma, globalmente. Excepcionalmente, hoje, 05 de maio de 2021, é o Dia Mundial da Asma. Esta data visa conscientizar a população sobre a importância de diagnosticar e controlar a doença no mundo. Este tema é um apelo para abordar e desmistificar conceitos errôneos que impedem as pessoas de usufruir os benefícios de um adequado manejo da doença. E é com esse intuito que o ­Laboratório de Avaliação e Intervenção Respiratória (LAIRE) do Departamento de Fisioterapia (DFST) e do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPgFIS) com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estão realizando o I ConVIVENDO com a asma. Um evento totalmente on-line (transmito pelo YouTube), inclusivo (interpretação simultânea em Libras) e gratuito, que acontecerá nos dias 19 e 26 de junho, e tem como objetivo levar para a comunidade as informações necessárias para facilitar o manejo da doença.


 


Estima-se que quase 360 milhões de pessoas no mundo inteiro têm asma e que ela é a causa da morte de mais de 400 mil pessoas, anualmente. No Brasil, esses números são expressivos. Cerca de 20% dos adolescentes e 23% dos adultos com faixa etária entre 18 e 45 anos apresentam sintomas dessa doença. Mesmo diante de estatísticas alarmantes, apenas 12,3% das pessoas que sofrem com a asma conseguem controlá-la, sendo a falta de informação um dos principais impeditivos para alcançar e manter o seu controle.


 


A asma é uma doença crônica que não tem cura, mas tem controle. Quem convive com a doença pode ter uma boa qualidade de vida, se o seu manejo for adequado. As pessoas que sofrem dessa doença precisam compreender vários aspectos para lidar com ela de forma adequada. É necessário entender o que a caracteriza, quais são seus gatilhos, o que é uma asma controlada, seus fatores de risco, quais medicamentos devem ser usados e como utilizá-los corretamente, assim como a influência da obesidade, importância da atividade física, entre outros.


 


Diante do contexto da pandemia, é indispensável que as pessoas alcancem e mantenham o controle da asma para minimizar o risco de desenvolver as formas mais graves da covid-19. Ações que podem facilitar o automanejo de doenças crônicas de forma eficiente são essenciais, e devem ser acessíveis a todos de forma igualitária. De acordo com a profa. Karla Morganna, coordenadora do evento e do LAIRE, as ações de educação em asma consistem em uma estratégia eficaz para facilitar o controle da doença e proporcionar uma melhor qualidade de vida. “A asma quando mal controlada limita a capacidade física, a participação social e laboral das pessoas aumentando o número de visitas à emergência”, acrescenta.


 


I ConVIVENDO com a asma será direcionado para a população que convive com a asma, incluindo também pais, responsáveis ou cuidadores de pessoas que têm diagnóstico da doença. Os conteúdos das palestras, o formato do evento e a linguagem que será utilizada pelos palestrantes priorizará o acesso ao especialista e a compreensão da comunidade, independentemente de seu nível de instrução. Além disso, a interpretação simultânea em libras permitirá a inclusão de pessoas da comunidade surda. Outro diferencial do I ConVIVENDO com a asma é o fornecimento do e-book “Convivendo com a asma: guia de informações e cuidados” e de um plano de ação, elaborados especialmente para esta ocasião. Estão previstos momentos para interação do público com cada um dos palestrantes, para esclarecimento de suas dúvidas acerca de todos os temas abordados. O evento será aberto, ainda, para acadêmicos e profissionais da saúde que buscam proporcionar uma abordagem diferenciada na assistência às pessoas com diagnóstico de asma. Os palestrantes do evento são profissionais considerados referências nacionais em assistência e pesquisa em asma.


 


O formulário de inscrições poderá ser acessado por meio do nosso perfil no Instagram @laire_ufrn ou através dos links disponíveis na nossa página (linktr.ee/laire_ufrn).


 



PROEX © Copyright 2015 / 2021
Todos os direitos reservados
E-mail: asstecproex@reitoria.ufrn.br | Telefone: (84) 3342-2272
Desenvolvido pela STI